olha o dízimo pá!

Estava eu navegando pelo Youtube nos vídeos de pastores da Igreja Universal  quando encontro um bem informativo, onde um indignado português “responde” ao Pastor (sim, eles estão invadindo Portugal) com textos escritos no vídeo onde pedem o dízimo. O que eu não sabia é que o dízimo não tem nada a ver com dar dinheiro para Deus (ou seus “representantes”).

Aqui vai o trecho do Deuteronômio, onde se estabelece de fato o que é o Dízimo:

“Certamente darás os dízimos de todo o produto da tua semente que cada ano se recolher do campo. E, perante o Senhor teu Deus, no lugar que escolher para ali fazer habitar o seu nome, comerás os dízimos do teu grão, do teu mosto e do teu azeite, e os primogênitos das tuas vacas e das tuas ovelhas; para que aprendas a temer ao Senhor teu Deus por todos os dias. Mas se o caminho te for tão comprido que não possas levar os dízimos, por estar longe de ti o lugar que Senhor teu Deus escolher para ali por o seu nome, quando o Senhor teu Deus te tiver abençoado; então vende-os, ata o dinheiro na tua mão e vai ao lugar que o Senhor teu Deus escolher. E aquele dinheiro darás por tudo o que desejares, por bois, por ovelhas, por vinho, por bebida forte, e por tudo o que te pedir a tua alma; comerás ali perante o Senhor teu Deus, e te regozijarás, tu e a tua casa. Mas não desampararás o levita que está dentro das tuas portas, pois não tem parte nem herança contigo. Ao fim de cada terceiro ano levarás todos os dízimos da tua colheita do mesmo ano, e os depositarás dentro das tuas portas. Então virá o levita (pois nem parte nem herança tem contigo), o peregrino, o órfão, e a viúva, que estão dentro das tuas portas, e comerão, e fartar-se-ão; para que o Senhor teu Deus te abençoe em toda obra que as tuas mãos fizerem.”
(Deu 14:22-29)

Ora vejam vocês! O Dízimo é uma festança em homenagem a Deus!! Não tem anda a ver com dar dinheiro pra Igreja, nem 10% de tudo o que você ganha! A separação entre dinheiro e comida está bem clara no texto bíblico! É sim um banquete, uma celebração de alegria (e “temor” a Deus… o Velho Testamento adora isso, fazer o que) e que ainda contém uma lição de moral: reparte um pouco do que tu tens com quem não tem parte contigo. Aliás, me pergunto se a celebração da Santa Ceia por Jesus (onde se reparte o pão e o vinho) não é baseada nessa cerimônia do dízimo…

Não se como os Eangélicos, um povo que se orgulha de verdadeiramente estudar a Bíblia (e estudam mesmo!) caiam na interpretação desses Fariseus, a ponto de comprar CONTRATOS COM DEUS (onde já se viu?!) em que os pastores dão autenticação (!!) no contrato com o símbolo da cruz!!

Felizmente nem toda Igreja Evangélica é dizimista, pois existem aquelas que se apegam à palavra de Paulo de Tarso, em Coríntios 2:

“Mas digo isto: Aquele que semeia pouco, pouco também ceifará; e aquele que semeia em abundância, em abundância também ceifará. Cada um contribua segundo propôs no seu coração; não com tristeza, nem por constrangimento; porque Deus ama ao que dá com alegria. E Deus é poderoso para fazer abundar em vós toda a graça, a fim de que, tendo sempre, em tudo, toda a suficiência, abundeis em toda boa obra; conforme está escrito: Espalhou, deu aos pobres; a sua justiça permanece para sempre. Ora, aquele que dá a semente ao que semeia, e pão para comer, também dará e multiplicará a vossa sementeira, e aumentará os frutos da vossa justiça. enquanto em tudo enriqueceis para toda a liberalidade, a qual por nós reverte em ações de graças a Deus.”
(2Co 9:6-11)

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s