DESMANCHE BRASIL

Tal qual no desmanche de automóveis roubados, uma técnica parecida vem sendo empregada disfarçadamente contra o Brasil.
Desde FHC, e mais ainda com Lula, ficando claro e evidente para os que possuem inteligência e discernimento suficientes, que a esquerda trabalha pelos interesses dos EUA e G8, no objetivo de destruir o Brasil como potência de primeiro nível, e concorrente dos Mercados daqueles países.

Duvidam? Então vejam duas provas disso:

1) Os patriotas: A planejada estrada Perimetral Norte que iria de Macapá à Boa Vista e de lá a São Gabriel (AM), se houvesse sido executada povoaria a fronteira e permitiria a exploração econômica das fabulosas jazidas de metais dos contrafortes das serras do maciço guianense, sem o acesso aberto de estrangeiros a essa região.

A traição: FHC e Lula não fizeram a estrada, e junto a nossos outros adversários externos ainda colocaram reservas indígenas “de fachada” no caminho. Desejam a ligação pelo litoral estrangeiro (Macapá/Caiena/Paramaribo/Georgetown/Boa Vista).
Nosso Governo, sem visão estratégica vai a Roraima inaugurar uma ponte na fronteira e ainda pensa em financiar a estrada na Guiana, até Georgetown, atraindo o nordeste da Amazônia para os países que mais pressionam o Brasil na disputa pelas jazidas daquelas serras. Enquanto isto o Ibama impede o asfaltamento da BR319 obedecendo a ONG WWF (EUA) e Survival (Inglaterra). Essas duas atitudes somadas indicam pela incoerência com os interesses nacionais, uma dose de ignorância, se não for de traição.

2) Os patriotas: Se tivessem seguido os cronogramas do governo militar, já teríamos oficialmente a posse de armas nucleares desde 1989, o submarino nuclear desde 1994, mísseis de médio e longo alcance entre 1999 e 2003, e a segunda mais poderosa aviação de caça do continente, com 150 unidades de última geração entre 1999 e 2006, com bases em toda a nossa Amazônia, fora as unidades secundárias.

A traição: Além de suspenderem ou atrasarem todos esses planos, sob ordem direta dos EUA e aliados, Sarney e Collor denunciaram o programa militar nuclear de defesa de seu próprio país ao mundo (traição clara). Lembram do “carnaval” feito por Collor sobre o Buraco da Base do Cachimbo (PA)? FHC fez o Brasil capitular de sua soberania real, assinando unilateralmente o TNP (Tratado de Não proliferação Nuclear), de mãos dadas a Bill Clinton.

FHC e Lula enrolaram, mentiram e não compraram os caças da FAB, obsoleta até hoje. E o primeiro caça, dizem que só chegará ao Brasil em 2014 (!!). O submarino nuclear só em 2020. FHC assinou o tratado que impede o desenvolvimento de mísseis de médio e longo alcance pelo Brasil, e Lula cortou a Base de Lançamentos de Alcântara (MA), inventado ali um racista “território quilombola”.

O trapalhão Ministro Jobim alega a “falta de transferência de tecnologia” para justificar a não aquisição de caças e submarinos, atrasados há uma década.

Ué? E se tivéssemos sido, ou formos atacados de surpresa hoje? O que faremos?

Estamos como aquele sujeito na África, cercado por leões e sem munição na arma. Alguém lhe oferece algumas balas, mas o sujeito não aceita e fica indefeso, só porque não lhe ensinam como fabricar essas balas. É Irresponsável!

Chavez armou o seu país rapidamente com o que há de melhor, sem se preocupar com desculpas e tornou-se hoje um osso duro de roer em todo o Continente. Capaz de atacar alvos em toda a América Central e até no Sudeste do Brasil, se quiser. Por isso devemos manter boas relações com ele, pois poderá ser nossa primeira linha de defesa na Amazônia contra o G8, se ele não se vender.

É sabido que na cúpula petista, o armamentismo de Chavez é bem visto, pois segundo eles, Chavez defenderia a esquerda no Brasil, atacando-nos, caso nossas FFAA mantidas sucateadas, tentassem tirá-los do poder. A exemplo de como ele ameaçou Honduras de um ataque, no recente caso de Zelaya.

Vergonhosamente, e em paralelo ao aumento da remuneração da eletricidade paraguaia sem exigir nada em troca, nossos parques de manutenção no Centro-Oeste estão fazendo a manutenção dos blindados “cascavéis e urutus” do exército paraguaio, antes mesmos dos nossos próprios (!!!).

Está bom ou quer mais?

Agora, os EUA instalarão novas bases na Colômbia, e seus aviões poderão atingir todos os países sul-americanos. E o Brasil continua sabotado por esse governo, projetando tudo para daqui a 5 ou 10 anos.

Frente a isso, Chavez acaba de receber e encomendar novos e ultra-sofisticados armamentos da Rússia, o parceiro mais estratégico e militarmente capacitado, que o governo Lula ainda despreza.

Torçamos para que nossos inimigos na Amazônia, cometam o ridículo erro de só nos agredirem quando estivermos suficientemente fortes para os impedirmos, daqui a 5 ou 10 anos. Oxalá!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s