PAREM KONY 2012

Quem está à par do que “bomba” no mundo online sabe o que é “Kony 2012″, certo? Para os que tiraram os últimos tempos para ficar offline, o vídeo segue acima

Só para você ter noção da magnitude da história, é considerado o vídeo mais viral da história da internet. Até essa segunda (12.3.12), eram mais de 2,2 milhões de fãs no facebook e mais de 480 mil seguidores no twitter, atingindo mais de 74 milhões de visualizações no youtube, sem contar com as versões com legendas e dubladas nas “principais” línguas do mundo.

Resumindo para ficarmos na mesma página, esse documentário foi lançado por uma ONG chamada Invisible Children (Crianças Invisíveis), que …

invisible children se definindo - LUZ Geração Empreendedora

“usa filmes, criatividade e ação social para acabar com o uso de soldados criança na guerra rebelde de Joseph Kony e levar paz e prosperidade à vilas afetadas pelo LRA.” (tradução livre).

E Kony…

Kony - LUZ Geração Empreendedora

…não é visto desde 2006, tem 51 anos e lidera o movimento LRA (Exército de Resistência do Senhor). Recebeu sinais divinos o orientando a “purificar” sua raça e é acusado por ter cometido 12 crimes contra a humanidade e 21 crimes de guerra. Kony é compreendido como meio Messias, meio Diabo e pratica rituais diversos que lhe renderiam adjetivos como “alternativo”, “excêntrico” ou o bom e velho “FDP”, como: pegar sol deitado no topo de um monte por dias em jejum ou pintar uma cruz com óleo no peito das crianças do seu exército e dizer que isso os protegerá das balas dos inimigos.

Sou ignorante demais no assunto para discutir se vale mais a pena invadir Uganda ou República do Congo, portanto me calarei nesse quesito, agora quem critica o filme dizendo que é muito apelativo, na minha opinião, não entendeu o mundo no qual está vivendo ainda. Olha o que acontece em um minuto apenas na internet…

Como disseram de forma genial Thomas H. Davenport e J. C Beck em 2001, vivemos a economia da atenção, onde o que há de mais escasso no mundo é a atenção do próximo. Isto foi gerado pelo excesso de informações que recebemos hoje. São noticiários (igualmente ou mais sensacionalistas e influenciados do que a ONG), e investimentos colossais de empresas que passam o dia inteiro em todas as mídias (hoje em dia até em banheiro) tentando te vender os produtos, promovendo sonhos, emoções, “experiências” e etc.

Quando um cidadão comum vem gerar engajamento a nível mundial para parar um cara poderoso (sem querer entrar nos méritos se deve ou não haver intervenção), você vai dizer que ele exagerou nas fotos, texto e sentimentalismo? Dá um desconto, vai!

As coisas só mudam se você chama atenção, e o Invisible Children está brigando com um caixa ($$) e influência ínfimos, temos que entender as regras do jogo antes de criticar. O que era o certo? Fazer um filme super educado, em um ambiente sem armas, sangue ou fotos cruéis? Melhor, por que não lançar um powerpoint? Será que uma palestra informando dados das mortes será o bastante? Está brincando né?! Quer julgar a atenção que eles pediram, xinga o mundo no qual vivemos hoje!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s